14 de novembro de 2015

Pra quem nao viu..

https://youtu.be/0I-yWCD7V8o

14 de setembro de 2015

Ninguém tem culpa

Sei que ninguém tem nada a ver com isso, nem amigos, nem irmãos, nem pai, nem mãe, nem tios, nem primos.. Ninguém tem culpa de nada. Por mas que algumas vezes a gente queira colocar a culpa em algo, ou alguém ou até em Deus. Não sejamos hipócritas, todos procuramos um culpado, tentamos até culpar a nós mesmos, e aí descobrimos que não existe um culpado, nem amigos, nem família e muito menos Deus, a verdade é que estamos sujeitos a qualquer problema, seja doença, seja situações difíceis, um coração partido, enfim..
Nos perguntamos quais fatores nos levaram a ter câncer..
"Será que foram os alimentos?" "Antibióticos demais?" "O estilo de vida?"
"Trabalhava muito?" "O estress?"
Na verdade não se sabe o por quê. Ninguém sabe. Nem os médicos sabem, são só suposições.. O meu caso por exemplo foi um mistério, o câncer de ovário é comum em mulheres acima de 60 anos de idade e eu tinha apenas 23. A única coisa que se sabe é que fomos pegos de surpresa, afinal ninguém vai dormir sabendo que no outro dia será diagnosticado com câncer.
Acho que muitos culpam Deus, mesmo que no seu mas íntimo, eu o culpei no começo, me senti revoltada, sem chão, tentando entender tudo, creio que a maioria faz o mesmo e depois se arrepende e entende que na verdade ele é o único que pode nos ajudar.
Ele não é o culpado! Ele não quer nos ver assim. Ele não quer ver um filho sofrer. Nem mesmo quando o decepcionamos ou o desobedecemos.
Ele apenas permite certas coisas, que estão muito além do nosso entendimento.
Podemos ficar com raiva ou tristes por isso ter afetado, não só a nossa vida, mas a vida de quem tanto amamos.
Afeta de tal maneira, que dói.
A dor maior é de ver o sofrimento de quem está me ajudando a carregar uma cruz que é só minha. Mas que diferente de Jesus, não conseguimos carregar sozinhos.
Uma coisa boa disso tudo, é que nos aproximamos mais de Deus. Ficamos tão próximos, que nos tornamos diferentes, fortes quando muitos nós achavam fracos, corajosos quando muitos nos achavam medrosos.. No final acabamos aceitando que ninguém tem culpa e que apenas devemos lutar e agradecer a Deus porque nos deu força pra lutar e vencer a cada dia uma doença que mesmo após a cura nos deixa tão fragilizados psicologicamente, a ponto de mesmo estarmos bons fisicamente nos sentirmos doentes. Temos que entender que Deus faz o melhor sempre. Que Ele calculou o peso e o tamanho exato dessa cruz, e jamais daria pra alguém que não fosse forte o suficiente pra suporta-la.
Talvez a gente depois de tudo, passe a amar mais a Deus. Mas Ele com certeza sempre nos amou!
Dói, não sei até quando vai doer, mas o importante é saber que mesmo que a gente não tenha nada, ou ache que não tenha nada, sempre vamos ter Deus, que é o suficiente!

Pensamento inspirado no texto "talvez,talvez" do blog "Todos pela Laís"

#BlogMeninaDeFé #KamillaBarbosa
www.facebook.com/blogmeninadefe

14 de agosto de 2015

Lembrada pela Vitória

Fico feliz quando sou lembrada por alguém pra ajudar.. Hoje um amigo me ligou pedindo pra conversar com uma outra amiga dele que havia sido diagnosticada com câncer, na mesma hora me disponibilizei a ajudar.. Não sei de tudo, mas a experiência ajuda muito quem ainda esta no começo da batalha.. Iniciamos a conversa, ela é forte e vai vencer! Beijo no coração de todos, estava com saudade! ❤

17 de fevereiro de 2015

EU NÃO TINHA QUE ENTRAR LÁ..


Feriadooo de carnaval! Ebaaaaa, acordar 12:00h!! #SQN kkkkkk

Acordei 8:30h fiz alguns agendamentos da estética, fui pra igreja 12:00 e depois pro trabalhoooo, isso mesmo, trabalhooooooo! rsr
Fui pro meu querido trabalho, cuidar de vidas! Mas hoje foi um dia diferente.. Não tinha que entrar naquela enfermaria, mas quando ouvi a palavra câncer, resolvi pedir autorização pra enfermeira e ir la, mas infelizmente aquela senhora ja tinha sido desenganada pelos médicos no dia anterior, o quarto dela estava cheio, família, amigos, pessoas chorando, orando e pra minha surpresa ouço a enfermeira falar que iria deixar a família a vontade, pois ela já estava nos seus últimos momentos, vi ali diante de mim, aquela senhora com um pouco mais de 50 anos de idade, a pele pálida com respiração fraca morrendo diante de mim, e eu não podia fazer nada..
Imediatamente lembrei de tudo o que passei e de como Deus foi misericordioso comigo!!!


Sai dali, me afastei e fui chorar, sei que tenho que me acostumar, pois foi a área que escolhi e sei que ainda vou ver coisas piores.. Mas acho que pelo fato de ter sido uma paciente oncológica  fiquei muito triste e não pude conter as lágrimas..
Infelizmente aquela senhora faleceu minutos depois, sinto pela família, é uma dor terrível...

Quantas pessoas perdemos pra esse maldito câncer todos os dias? Até quando meu Deus? Quanto sofrimento!
Só desejo a vocês saúde e força! 

14 de novembro de 2015

31 de outubro de 2015

14 de setembro de 2015

Ninguém tem culpa

Sei que ninguém tem nada a ver com isso, nem amigos, nem irmãos, nem pai, nem mãe, nem tios, nem primos.. Ninguém tem culpa de nada. Por mas que algumas vezes a gente queira colocar a culpa em algo, ou alguém ou até em Deus. Não sejamos hipócritas, todos procuramos um culpado, tentamos até culpar a nós mesmos, e aí descobrimos que não existe um culpado, nem amigos, nem família e muito menos Deus, a verdade é que estamos sujeitos a qualquer problema, seja doença, seja situações difíceis, um coração partido, enfim..
Nos perguntamos quais fatores nos levaram a ter câncer..
"Será que foram os alimentos?" "Antibióticos demais?" "O estilo de vida?"
"Trabalhava muito?" "O estress?"
Na verdade não se sabe o por quê. Ninguém sabe. Nem os médicos sabem, são só suposições.. O meu caso por exemplo foi um mistério, o câncer de ovário é comum em mulheres acima de 60 anos de idade e eu tinha apenas 23. A única coisa que se sabe é que fomos pegos de surpresa, afinal ninguém vai dormir sabendo que no outro dia será diagnosticado com câncer.
Acho que muitos culpam Deus, mesmo que no seu mas íntimo, eu o culpei no começo, me senti revoltada, sem chão, tentando entender tudo, creio que a maioria faz o mesmo e depois se arrepende e entende que na verdade ele é o único que pode nos ajudar.
Ele não é o culpado! Ele não quer nos ver assim. Ele não quer ver um filho sofrer. Nem mesmo quando o decepcionamos ou o desobedecemos.
Ele apenas permite certas coisas, que estão muito além do nosso entendimento.
Podemos ficar com raiva ou tristes por isso ter afetado, não só a nossa vida, mas a vida de quem tanto amamos.
Afeta de tal maneira, que dói.
A dor maior é de ver o sofrimento de quem está me ajudando a carregar uma cruz que é só minha. Mas que diferente de Jesus, não conseguimos carregar sozinhos.
Uma coisa boa disso tudo, é que nos aproximamos mais de Deus. Ficamos tão próximos, que nos tornamos diferentes, fortes quando muitos nós achavam fracos, corajosos quando muitos nos achavam medrosos.. No final acabamos aceitando que ninguém tem culpa e que apenas devemos lutar e agradecer a Deus porque nos deu força pra lutar e vencer a cada dia uma doença que mesmo após a cura nos deixa tão fragilizados psicologicamente, a ponto de mesmo estarmos bons fisicamente nos sentirmos doentes. Temos que entender que Deus faz o melhor sempre. Que Ele calculou o peso e o tamanho exato dessa cruz, e jamais daria pra alguém que não fosse forte o suficiente pra suporta-la.
Talvez a gente depois de tudo, passe a amar mais a Deus. Mas Ele com certeza sempre nos amou!
Dói, não sei até quando vai doer, mas o importante é saber que mesmo que a gente não tenha nada, ou ache que não tenha nada, sempre vamos ter Deus, que é o suficiente!

Pensamento inspirado no texto "talvez,talvez" do blog "Todos pela Laís"

#BlogMeninaDeFé #KamillaBarbosa
www.facebook.com/blogmeninadefe

14 de agosto de 2015

Lembrada pela Vitória

Fico feliz quando sou lembrada por alguém pra ajudar.. Hoje um amigo me ligou pedindo pra conversar com uma outra amiga dele que havia sido diagnosticada com câncer, na mesma hora me disponibilizei a ajudar.. Não sei de tudo, mas a experiência ajuda muito quem ainda esta no começo da batalha.. Iniciamos a conversa, ela é forte e vai vencer! Beijo no coração de todos, estava com saudade! ❤

17 de fevereiro de 2015

EU NÃO TINHA QUE ENTRAR LÁ..


Feriadooo de carnaval! Ebaaaaa, acordar 12:00h!! #SQN kkkkkk

Acordei 8:30h fiz alguns agendamentos da estética, fui pra igreja 12:00 e depois pro trabalhoooo, isso mesmo, trabalhooooooo! rsr
Fui pro meu querido trabalho, cuidar de vidas! Mas hoje foi um dia diferente.. Não tinha que entrar naquela enfermaria, mas quando ouvi a palavra câncer, resolvi pedir autorização pra enfermeira e ir la, mas infelizmente aquela senhora ja tinha sido desenganada pelos médicos no dia anterior, o quarto dela estava cheio, família, amigos, pessoas chorando, orando e pra minha surpresa ouço a enfermeira falar que iria deixar a família a vontade, pois ela já estava nos seus últimos momentos, vi ali diante de mim, aquela senhora com um pouco mais de 50 anos de idade, a pele pálida com respiração fraca morrendo diante de mim, e eu não podia fazer nada..
Imediatamente lembrei de tudo o que passei e de como Deus foi misericordioso comigo!!!


Sai dali, me afastei e fui chorar, sei que tenho que me acostumar, pois foi a área que escolhi e sei que ainda vou ver coisas piores.. Mas acho que pelo fato de ter sido uma paciente oncológica  fiquei muito triste e não pude conter as lágrimas..
Infelizmente aquela senhora faleceu minutos depois, sinto pela família, é uma dor terrível...

Quantas pessoas perdemos pra esse maldito câncer todos os dias? Até quando meu Deus? Quanto sofrimento!
Só desejo a vocês saúde e força!